Redmi 9T e Redmi Note 9T são lançados oficialmente na Europa


A Xiaomi lançou nesta sexta feira (08/01), dois novos dispositivos no mercado global. O Redmi 9T e Redmi Note 9T chegam como as versões renomeadas dos já conhecidos Redmi Note 9 4G e Redmi 9 5G, ambos lançados pela Xiaomi no mercado oriental no final de 2020. Com preços competitivos e especificações bastante interessantes, os aparelhos tem tudo para serem um sucesso completo de vendas.

Redmi Note 9T: O primeiro celular da Redmi com 5G

Desde que a Redmi se tornou marca independente da Xiaomi, a tendência é que cada vez mais celulares com especificações premium e preços baixos surjam no mercado. É o que vemos aqui com o Redmi Note 9T. O aparelho é o primeiro da marca a oferecer compatibilidade com a rede 5G e por um preço bastante atraente. por conta do chipset Dimensity 800U 5G da MediaTek, capaz de entregar ao aparelho desempenho bastante satisfatório a um custo extremamente baixo.

Redmi Note 9T: Principais Destaques. Fonte: Xiaomi (divulgação)

A marca traz um marketing bastante agressivo para a linha Note 9T afirmando que o dispositivo foi pensado para entregar a melhor experiência audiovisual. Para tal, o conjunto oferece uma tela de 6,53 polegadas com resolução Full HD+ e 60 Hz de taxa de atualização. Para complementar, um sistema de autofalantes estéreo são embarcados pela primeira vez em um modelo da linha Redmi.

Conjunto interessante para o dia a dia

Para empurrar todo esse conjunto, a Redmi equipou o dispositivo com o chipset chip MediaTek Dimensity 5G, e uma bateria de 5.000 mAh com suporte a carregamento rápido de 22,5 W. Tudo isso para, segundo a marca, oferecer a melhor experiência de mídia pelo menor valor possível.

Em relação a câmeras, o dispositivo conta com três sensores. O principal é o
Samsung S5KGM1 de 48MP, é o mesmo que equipa o Poco M3, Note 9, Note 8 e alguns outros intermediários da marca. O conjunto é completado por uma câmera Ultra-Wide de 8MP da Omnivision e o um sensor terciário de 2MP para macro. Na parte frontal, temos um sensor de 13MP com suporte a modo retrato via IA. A marca também faz questão de destacar a presença de NFC e rádio FM na versão global do aparelho.

Destaques da Câmera do Redmi Note 9T. Fonte: Xiaomi(divulgação)

Preço e disponibilidade

As vendas do dispositivo se iniciam no dia 11 de janeiro, com preço sugerido de 229 euros para a versão com 4GB de Ram e 64GB de armazenamento e 269 euros para a versão com 6GB de Ram e 128GB de armazenamento. Quem comprar dispositivo no dia do lançamento terá um desconto de 20 Euros.

Preço de Lançamento do Redmi Note 9T. Fonte: Xiaomi (divulgação)

Redmi Note 9T 5G: ficha técnica

  • Tela: 6,53 polegadas IPS LCD, resolução Full HD+, 60 Hz;
  • Chipset: MediaTek Dimensity 800U 5G;
  • Memória RAM: 4 GB;
  • Armazenamento interno: 64 GB ou 128 GB;
  • Câmera traseira: Principal:
    • 48MP, 1/1.2″ sensor, 4in1 pixel binning, f/1.79
    • Secundária: 8MP ultra grande angular, f/2.2, 118° FoV
    • Terciária: 2MP, macro
  • Câmera frontal: 13MP, f/2.25
  • Dimensões: 161.96mm × 77.25mm × 9.05mm;
  • Peso: 199g;
  • Bateria: 5.000 mAh;
  • Extras: NFC, carregamento de 18 W, leitor de digitais na lateral;
  • Cores disponíveis: roxo e preto;
  • Sistema operacional: Android 10 com MIUI 12.

Redmi 9T: Um celular de entrada com NFC para pagamentos

Nenhuma novidade aqui: o Redmi 9T é a versão renomeada do Redmi 9 4G chinês. Assim, características da versão chinesa continuam presentes aqui. O dispositivo conta com o Snapdragon 662, 4GB de RAM e uma tela full HD de 60Hz com entalhe em formato de gota.

Redmi 9T. Fonte: Xiaomi (divulgação)

No quesito câmeras, o dispositivo possui um conjunto com quatro câmeras traseiras, composto por um sensor primário de 48MP, uma câmera ultra-wide de 8MP, uma macro de 2MP e um sensor de profundidade de 2MP. O carregador enviado na caixa é de 22,5 W, embora o dispositivo em si só suporte carregamento de 18 W. Há também infravermelho para controlar dispositivos remotamente. Como é de praxe em dispositivos de entrada, a Redmi manteve o conector de fones de ouvidos. Em relação a bateria, são 6.000 mAh com carregamento via USB-C e suporta carregamento reverso com fio (isto é, o smartphone serve como powerbank para carregar outros dispositivos). Outra característica interessante aqui é o NFC para pagamentos, presente como opcional em todas as versões.

Preço e disponibilidade

O valor do Redmi 9T começa em 159 euros para a versão de 64 GB de armazenamento sem NFC, e 189 euros para a versão de 128GB, que modifica o padrão de memória de UFS 2.1 para UFS 2.2. Já as variantes com NFC são cerca de 10 euros mais caras. As vendas do aparelho se iniciam no dia 11 de janeiro.

Redmi 9T: ficha técnica

  • Tela: 6,53 polegadas IPS LCD, resolução Full HD+, 60 Hz;
  • Chipset: Qualcomm Snapdragon 662;
  • Memória RAM: 4 GB;
  • Armazenamento interno: 64 GB ou 128 GB;
  • Câmera traseira:
    • Principal: 48MP, 1/1.2″ sensor, 4in1 pixel binning, f/1.79
    • Secundária: 8MP ultra grande angular, f/2.2, 118° FoV
    • Terciária: 2MP, macro
    • Quarternária: 2MP profundidade, f/2.4
  • Câmera frontal: 8MP, f/2.05;
  • Dimensões: 162.3mm x 77.3mm x 9.6mm;
  • Peso: 198g;
  • Bateria: 6.000 mAh;
  • Extras: leitor de digitais na lateral, carga rápida, dual speakers;
  • Cores disponíveis: azul-bebê, laranja, verde, cinza;
  • Sistema operacional: Android 10 com MIUI 12.

Dimensions & Weight
Artigo Anterior

Mi A3 recebe atualização para Android 11 que inutiliza dispositivos

Próximo Artigo

Linha Redmi Note 10 é oficialmente lançada na Europa


Artigos Relacionados
Total
1
Share
%d blogueiros gostam disto: